Coreia do Sul: Exposição da história do fado em Seul e Ulsan

Seul foi esta semana palco da exposição ‘História do Fado’. Promovida pela embaixada portuguesa, segue depois para Ulsan, onde serve de cartão-de-visita “aos artistas António Zambujo, Carminho e Rodrigo Leão”, referiu o ‘The Korea Herald’ (www.koreaherald.com).

FONTE: Domingo

Anúncios

Exposição de Amália teve 70 mil visitantes

Museu Berardo, em Lisboa, recebeu um total de 625 mil visitas em 2009.

  Com mais de 70 mil visitantes, a exposição Amália, Coração Independente, dedicada à fadista Amália Rodrigues, foi a mais vista das exposições de 2009 no Museu Berardo e pode ainda ser vista até 31 de Janeiro. Este ano, o museu teve um total de 625 mil visitas. As duas mostras de colecção Berardo receberam, em conjunto, 127 223 visitas; entre as exposições temporárias, além da mostra de Amália, as mais vistas foras a primeira exposição em Portugal de Peter Kogler (55 188), Art Déco e os seus inimigos (50 782) e a retrospectiva de Pancho Guedes (48 326)

FONTE: Diário de Notícias

Inéditos de Amália no Panteão

  O Panteão Nacional, na Igreja de Santa Engrácia, em Lisboa, inaugurou na quinta-feira uma exposição que pretende mostrar a dimensão internacional de Amália Rodrigues, da “qual os portugueses não têm a real percepção”, disse a directora, Isabel Melo, à Lusa. “Amália no Mundo – O Mundo de Amália” apresenta documentos inéditos, é composta por 8 módulos e está em exposição até 15 de Novembro.

FONTE: 24 Horas