Os 29 mandamentos do Rock’n’Roll – Tudo o que é preciso para vencer no mundo do Rock, nas palavras de quem sabe do que fala – JERRY CANTRELL (44 anos)

Artesão dos riffs dos Alice In Chains não tem um emprego – e gosta disso.

Não ligar aos rótulos: A parte mais frustrante de tudo isso é ser catalogado com uma palavra. É um bocado chato. Grunge foi o que nos chamaram – mas nenhum de nós o dizia! Estávamos só a tocar rock’n’roll! Diga-se que quando começámos fomos catalogados como metal, depois fomos alternativos, depois fomos metal alternativo, e depois apareceu a palavra grunge e nós éramos grunge; nos últimos anos, desde que voltámos a tocar, já ouvi dizer que somos hard rock, metal, metal alternativo, e agora, quando fui à loja HMV em Londres, vi que estamos novamente na secção de metal! Por isso não sei, digam-me vocês!

Liberdade criativa acima de tudo: O mais importante é fazer o que se sente que é certo. Tivemos a sorte de ter sucesso, o que nos permitiu fazer algumas das coisas que achávamos certas e que acabaram por correr bem – por isso não havia muita coisa a dizer-nos. Essa é uma sensação muito boa quando se é jovem – e também para uma jovem banda. Poder ter liberdade.

A música cura tudo: A música foi sempre algo com que pude contar, para o bem e para o mal. Esteve sempre lá para mim, e continua a estar. Valorizo essa capacidade de criar a partir de situações que talvez não sejam muito boas. Já há canções de amor suficientes por aí – e é bom! – mas sempre gostei de escrever sobre temas um pouco mais obscuros!

A estrada é um preço a pagar: Como a maior parte das coisas na vida, andar em digressão pode ser uma faca de dois gumes. A parte boa é que te permite viajar e estar cara-a-cara com as pessoas que foram tocadas pela música e que se ligaram a ela, e que te apoiaram nos melhores e piores momentos, que são dedicadas a ela. Andas por todo o mundo e tocas para pessoas e ainda ganhas dinheiro com isso – não ter um emprego normal é uma cena brutal! É muito trabalhoso e exigente, e quanto mais tempo o fizeres mais trabalho tens a manter o teu corpo em ordem – viajar constantemente, adoecer, comer mal, dormir pouco… faz parte – tudo tem um preço que estou disposto a pagar.

As drogas são como o pai e a mãe disseram: É uma merda pelo qual todos os miúdos passam – acho que não é exclusivo dos músicos, está disponível a toda a gente. Faz parte do crescimento, quando o jovem está a tornar-se adulto. Experimentar drogas é bastante divertido durante uns tempos –  e para nós foi. Mas é exactamente como a nossa mãe e o nosso pai nos disseram: distância delas! Infelizmente, tornamos-nos agarrados antes de nos conseguirmos aperceber disso. Já passámos pelo pior, especialmente quando perdemos o nosso amigo Layne [o vocalista original dos Alice In Chains Layne Staley, morreu de overdose em 2002]. Talvez ganhes juízo; talvez aprendas que esse não é o caminho a seguir, ou talvez te apercebas que ainda tens muito para viver.

Basta ser verdadeiro: Mantivemos-nos uns aos outros com os pés na terra – sempre o fizemos, mesmo quando estávamos meio aéreos! É importante não nos levarmos demasiado a sério, rir sobre isso, mas tenta levar o trabalho a sério. Já viram os Spinal Tab [This Is Spinal Tab, filme de 1984, sobre as desventuras de uma banda fictícia]? Aquilo acontece diariamente, por isso vai haver muitas razões para rir.

A felicidade é o mais importante: A definição de sucesso é fazer o que te faz feliz, contra todos os contratempos. Antes de ter público e antes das vendas do álbum, só me interessava a música que fazíamos. Tivémos sucesso, que veio por acréscimo. Fazer primeiro aquilo que te faz feliz – é isso que importa.

FONTE: Blitz (Janeiro 2012)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s