Amy Winehouse não bebia há três semanas – Garrafas de vodka mortais

Inquérito legal revela que cantora tinha 4.16 de álcool no sangue

  Foi internada cinco vezes em coma álcoolico e dias antes de falecer, a 23 de Julho, disse à sua médica que “não queria morrer”. Mas nem isso a deteve. Na noite fatídica, Amy Winehouse, que não consumia nem álcool nem drogas há várias semanas, “bebeu até cair” três garrafas de vodka. As conclusões são do inquérito legal divulgado ontem em Londres, onde é revelado que a cantora sucumbiu ao excesso de álcool no sangue: 4.16 g/L – cinco vezes mais do que o permitido por lei para conduzir no Reino Unido.
  Suzanne Greenway, responsável pelo inquérito, afirmou na audiência no Tribunal de St. Pancras, que “a ingestão de tal quantidade de álcool depois de três semanas de abstinência levou à morte acidental” da autora de ‘Black to Black’, aos 27 anos, e que também o baixo peso de Amy se tornou fatal.
  Estas conclusões vêm dar razão a Mitchell Winehouse, pai da artista, que desde o início negou a tese de overdose avançada pelos tablóides britânicos. Para tal, muito contribuiu o longo historial de problemas com drogas e álcool da britânica, agravados após o casamento com Blake Fielder-Civil, tabém ele com probleas relacionados com dependências.
  Christina Romete, édica de Amy Winehouse há vários anos, revelou que a alertou “para os efeitos que o álcool iria ter no seu organismo, incluindo probleas respiratórios e cardíacos”. Mas a cantora, acrescentou, “queria sempre fazer tudo à sua maneira. Queria viver, mas à maneira dela.”
  Uma das imagens de marca da cantora era, recerde-se, beber vinho durante os concertos. Um hábito que se revelou fatal.

SAIBA MAIS:

Família Judia: Amy Winehouse nasceu em Londres no seio de uma família judia. O pai era taxista e a mãe farmacêutica.

5 Grammys: Cinco Grammys foram conquistados pela cantora na sua curta mas premiada carreira.

2003: Foi o ano da sua estreia com o álbum “Frank”. No entanto, foi ‘Back to Black’ que a catapultou para a fama.

Desilusão em Lisboa: Em 2008, Amy desiludiu a plateia do Rock in Rio Lisboa ao ‘cantar’ embriagada.

FONTE: Correio da Manhã

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s